8 anos de colaboração

Não temos presente a data do nosso primeiro artigo no Jornal Take-off. Podemos recuar concerteza ao inicio de 2003 onde a convite da direcção nos propusemos a preencher uma ou duas páginas de cada edição mensal do Jornal.  A nossa participação pautava-se pela amizade e respeito pela administração e pela restante equipe da empresa proprietária do Take-off, a Aeropress. Fomos muito para além das noticias no jornal, participamos em todas as edições do Portugal Air Show a convite da Aeropress, produzimos, gerimos o website e colaboramos em muitas outras situações. Como é do conhecimento geral, a Aeropress e o Jornal Take-off não atravessam um bom momento e muita coisa mudou. Tentamos nos últimos meses manter a nossa participação mas tornou-se de todo impossível continuar. A edição de Janeiro do Jornal take-off incluirá o nosso último artigo que se debruça sobre o Airbus da AirSimmer. Esta nossa decisão foi bastante ponderada e difícil de tomar! Continuaremos a estar presentes nas publicações aeronáuticas através da revista Sirius que nos tem facilitado todas as condições para uma parceria saudável! Bons voos!!

0 0 votes
Article Rating
3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
11 anos atrás

Situacao ainda mais dificil para os funcionarios do Jornal que ja nao recebem ordenados a muito tempo…….

5 Estrelas para o Artigo e 0 estrelas para a actual direccao do Jornal……..

Jorge Castro
11 anos atrás

Não sei bem o que pensar da prestação do grupo “oceanwings” em tudo o que é mau na aviação em portugal. se foi a péssima gestão da empresa com cavalarias altas e queda equivalente, se a forma como deram cabo tanto do portugal airshow como do take off. ha anos que não via o take off sair atrasado ou mesmo nao sair de todo como se verificou recentemente. é uma perda enorme para a aviação e tudo leva a crer que foi essa gente dos “avioezinhos”. onde tocaram foi tipo Midas mas ao contrario de transformar em ouro transformaram em… Read more »

monteiro cunha
11 anos atrás

Caro Jorge Castro. convêm antes de comentar certas afirmações se informe da verdade! Não existiu cavalarias, nem foi destruído nenhum AIRSHOW. por toda a Europa os shows foram péssimos em 2009 e alguns ate cancelados! em 2009 depois dos acontecimentos de 2007 nem os seguros queriam nada com festivais em Portugal, fora a falta de verbas muito bom foi o show com a patrulha aguila Quanto a aeropress , sem comentários, pois durante 12 meses andou de vento em popa, a nova administração pagou 80 000 € só em dividas ao fisco, ou seja ou entrava alguém ou o take… Read more »