Como começar a simular?

Caro leitor, se chegou aqui ao AirSim por acaso em busca de simuladores de voo, este é local ideal. O nosso colaborador José Antunes escreveu um artigo dedicado aqueles que se querem iniciar na simulação aérea. Após alguns anos sobre o lançamento do FSX, o computador ‘normal’ que possuímos é mais do que suficiente para podermos usufruir do Flight Simulator com uma performance bastante boa.

Simulação de voo: como começar

Apesar de a Microsoft ter deitado fora o Flight Simulator, o programa continua bem vivo e é a melhor aposta se pretende iniciar-se na área.

A sedução de voar, mesmo que de forma virtual, atinge alguns possuidores de computadores. Mas muitos acabam por nunca fazer disso mais do que uma boa ideia. Curiosamente, este pode ser o melhor período para experimentar, com computadores potentes que conseguem tirar mais proveito do decano dos simuladores de voo: o Flight Simulator.

Há programas de computador que dificilmente envelhecem, e Flight Simulator é um deles. A Microsoft lançou a última edição do programa em 2006, na altura em que se cumpriam 25 anos do programa… e depois vendeu-o para treino militar e desistiu do título. Para dois anos mais tarde anunciar Microsoft Flight, de que se espera ver resultados… ou a confirmação de que as montanhas podem parir ratos. Entretanto, as pessoas continuam a querer voar virtualmente. Se está nessa fase e não sabe por onde começar, este artigo é para si.

O Flight Simulator X é ainda, sem favoritismos, a melhor escolha de aviação virtual que pode ter. E se somar o facto de os computadores actuais darem melhor conta das exigências de hardware do programa do que as máquinas de 2006, à excelente notícia de que pode ter o programa por um preço bem acessível, então a escolha está feita.

Efectivamente, apesar de os preços continuarem altos em alguns pontos de venda, é possível aqduirir na Amazon UK a versão Gold do FSx, lançada em 2008, que contem o pacote Deluxe e on Acceleration por somente 18 libras. Junte-lhe algo mais para perfazer mais de 25 libras de compras e terá o programa entregue em sua casa sem custos de envio. É por certo uma boa compra, feita a conversão da moeda:  por cerca de € 28  pode ter um dos programas com maior taxa de longevidade do mercado.

De facto, nem os simuladores de futebol conseguem durar tanto tempo. O Flight Simulator nesta configuração chega-lhe para passar horas, dias, meses a experimentar aviões, a descobrir o mundo e a treinar. O problema é que muitas pessoas que pretendem genuinamente voar cometem dois erros ao abrirem o Flight Simulator: esperam encontrar o botão para dar tiros (não há…) e querem voar os grandes aviões comerciais.

Pergunte a qualquer piloto da vida real e perceberá que a generalidade começou nas pequenas aeronaves… e que esse é o caminho a seguir no Flight Simulator. Porque o programa, que pode ser usado como uma simples diversão num modo que permite quase todas as falhas, pode ser ajustado para simular muito do que é verdadeiro numa aviação real. Comece, portanto, por experimentar tudo no modo mais fácil e por pegar no avião obrigatório para aprendizagem: o Cessna 172. Dê pequenos passos antes de querer correr. Tirará assim muito mais prazer do jogo (se quiser chamar-lhe assim).

Cedo descobrirá, que o FS não é um jogo, mais um desafio. Porque por mais que aprenda as regras, se não as cumprir, cada descolagem e aterragem, sobretudo à medida que torna os obstáculos mais reais, é um verdadeiro desafio. O simples estar lá em cima é um desafio, sobretudo quando se comete uma manobra imprudente, as condições atmosféricas mudam ou se perdeu a noção do que fazem e querem dizer alguns dos comandos e mostradores.

O FS oferece-lhe todo um universo de voo contido numa pasta do seu computador. E apesar de com o anunciado lançamento do simulador X Plane 10, eterno segundo lugar do mercado, alguma coisa poder mudar, o FS continua a ser um bom investimento pela tremenda base de apoio que existe. Pode adquirir milhares de cenários e aviões para o programa, e existem muitos mais milhares gratuitos para experimentar.

Além de tudo isso o Flight Simulator tem um curso completo de pilotagem virtual, que devia ser realmente o seu ponto de partida se quer divertir-se em grande com o programa, e usá-lo muito e muito tempo. Um instrutor de voo de origem portuguesa, Rod Machado, acompanha-o no cockpit durante as aulas de voo, atento a tudo o que faz, desde a primeira vez que rola na pista até que é largado para o seu primeiro voo solo.

É crucial, se quer dar os primeiros passos a sério e fazer de FS mais do que uma brincadeira de que cedo se cansará – como tantos fazem, com a desculpa de que é coisa de crianças algo que afinal não dominam – começar pelas lições de voo e ir progredindo na descoberta de aeronaves mais complexas. Só assim justificará o investimento feito no simulador. E que, se quiser explorar ao máximo, leva obrigatoriamente a investir em acessórios como o joystick. Mas isso é algo que fica para um outro artigo. Para já compre o programa e comece a ler a verdadeira enciclopédia de dados que o FSX tem para o entusiasta.

As fotos publicadas dão-lhe uma ideia do que pode esperar no primeiro contacto. O cockpit 2D do seu Cessna 172, uma vista de fora, algo que só mesmo aqui pode fazer sem risco, e o cockpit virtual tridimensional, que lhe permite sentir-se como dentro de um avião.

0 0 vote
Article Rating
6 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
JCOMM
9 anos atrás

Parabéns pelo texto – subscrevo na íntegra, apesar de existirem alternativas, é verdade, mas que quer queiramos quer não ficam sempre aquém em algum aspecto.

Michel
9 anos atrás

Segundo ultima pesquisa existem + ou – 180 milhões de simuleiros virtuais, sejam os curiosos a grande maioria como os mais experts que dominam em profundidade a arte de voar virtualmente, Flight Simulator não é jogo, é simulação séria para quem entende de física,onde vc pode testar em minuncias muitos fatos aerodinâmicos e passar horas de lazer longe do estresse diário. Já o uso a mais de 18 anos e sempre temos novidades. Simulação aérea tanto no MSFS ou no XPlane é sempre uma maavilha

Pedro Lima
9 anos atrás

Excelente artigo! Muito bom!
Abraço e bons voos 😉

Pedro Rodrigues
9 anos atrás

Olá Antunes

Já tinha saudades tuas

Grande Abraço

Pedro Rodrigues / LPMA

Martim Silva
9 anos atrás

xiii…sairam todos da caverna!! heheheh
Long time no see….

Agora é esperar pelo x-plane 10 🙂

Raul Ferreira
9 anos atrás

Concordo plenamente, tem que se acordar quem anda meio adormecido. É de continuar.
Abçs