Flight, um fiasco?

Correm rumores de que o próximo simulador de voo da Microsoft não passa de um fiasco. Segundo podemos ler neste blog, a Microsoft terminou com todos os “jogos” criados por terceiros. De qualquer forma, pode ler-se que o produto até agora demonstrado não passa apenas do território do Hawai. Não possui airliners, helicópteros ou o tráfego AI, é apenas um simulador básico. Acompanhe aqui o desenrolar desta história!

0 0 votes
Article Rating
5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Sidney Fingus
10 anos atrás

Por essas e outras que mamtenho o FSX e XPlane, pois ambos são bons e nem se preocupar com esse Flight Ghost…teremos ainda por muitos anos desenvolvedores para ambos e milhares de addons para usar..dane-se a microsoft

Mr. X
10 anos atrás

Jorge Diogo, esta notícia é falsa, o rumor não tem cabimento e não percebo porque perdes tempo a criar uma notícia que não passa de um rumor e não tem base lógica nem provas factuais.
Será sempre bom se inteirarem do que a Microsoft revelou na feira E3 e não podemos NUNCA basear-nos num anónimo que veio só largar um rumor num fórum público. O Flight está vivo e de boa saúde. Encontra-se numa fase Alpha de concepção do motor lógico. A integração de features é a seguir. SÓ DEPOIS mais detalhes serão anunciados. Até lá, esperem só rumores infundados.

Pedro Lima
10 anos atrás

hehehe ai que isto ainda vai dar ‘batatada’ como em 2006 antes de sair o fsx!
também li o ‘manifesto’ do forum e não acreditei lá muito… mas, o mais interessante é ver as coisas a evoluir até se ter uma ideia definida do que afinal é o MF.
Eu estou optimista, mas se tal for um jogo de xbox, não há problema… o fs9 ou fsx estão aí e os produtores de adicionais sabem o que fazer.
Abraço e bons voos! 😉

jonhcod
10 anos atrás

Esta história está na realidade muito mal contada. Faz-me lembrar as “perdas” dos iPhone antes dos lançamentos. E se este sr. tem um NDA com a MS, o que eu não acredito, bem se pode ir preparando para ficar sem dinheiro e muito provávelmente passar uns tempos à sombra. Cunprimentos.